08 julho 2012

Aves de arribaçãs

Geólogos afirmam que há cerca de 300 milhões de anos atrás houve uma grande explosão vulcânica na Sibéria que afetou o clima no planeta e provocou seca na África. Eles também dizem que os mares antigos tinham muitos tipos de animais que desapareceram, por causas naturais, entre 100 e 65 milhões de anos atrás. Existem evidências de que, há cerca de 3000 AC, baleias pequenas eram capturadas no Atlântico e no Pacífico Norte, por povos esquimós e outros, utilizando arpões manuais e pequenos barcos com remos, mas em menos de um século de pesca predatória, os humanos do século XX colocaram muitas espécies marinhas em perigo de extinção.
Aves de arribaçãs já são raras no sertão e muitos jovens nordestinos não conhecem graúnas, canários, canção, nem curiós! “Vaqueiros modernos” trocaram o cavalo e/ou o burro por motocicletas em sua lida diária com o rebanho bovino e quando utilizam roupas de couro é apenas para tirar fotos e/ou para turista ver! Isso já seria de se esperar, pois a caatinga tem sido dizimada assim como os pés de pequi na Chapada do Araripe que estão sendo transformados em lenha para alimentar os fornos da indústria do cimento na região do Cariri do Ceará! Até quando teremos aves de arribaçãs?
Marcos,
03/05/2012
Postar um comentário